Eu moro no Rio Grande do Sul, então um destino fácil para finais de semana ou feriados é desbravar a Serra Gaúcha. Por aqui temos muitos destinos interessantes e um dos locais que eu amo ir passear fica no nordeste do Rio Grande do Sul, na divisa com o extremo sul de Santa Catarina, entre Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC). Nesta região temos alguns Parques Nacionais, como o Aparados da Serra e Serra Geral.

Estes parques são responsáveis pelo cuidado e preservação de uma extensa área de mata atlântica, floresta de araucárias, campos e penhascos, como também fauna e flora locais. Essa região é rica neste tipo de paisagem, somam-se 36 Cânions e os mais visitados por turistas são o Itaimbezinho, que fica no Aparados da Serra e o Fortaleza que pertence ao Serra Geral.

Tive a oportunidade de ir algumas vezes a estes locais, sendo a última neste feriado de 2 de novembro de 2018, e levei meus meninos para conhecerem. Rodrigo com 4 anos e Gui com 1 ano e 10 meses.

Se for visitar os Cânions prepare-se:

  • Os parques não cobram mais entrada, a visita e estacionamento são gratuitos
  • O Sul é conhecido por apresentar diversos climas, o verão é quente e o inverno muito frio, especialmente nesta região, e temos também períodos de chuvas. No mesmo dia experimentamos mudanças bruscas na temperatura e essa mistura de quente e frio gera uma neblina que deixa os Cânions sem visibilidade. Geralmente com as temperaturas baixas a paisagem é mais garantida, então é pura sorte mesmo. Acredito que para se ter uma boa visão dos Cânions, o ideal é ir bem cedo pela manhã, as 8hrs eles já estão abertos para visita.
  • As estradas são MUITO RUINS, estradas de chão muito mal conservadas, cheia de pedras, uma grande falha do turismo da região, o ideal é contratar uma agencia de turismo e utilizar os carros deles para percorrer a região
  • Os parques não tem estrutura nenhuma. O Itaimbezinho possui um Centro de Visitantes na entrada que possui banheiros, e no final da Trilha Vértice tem um Restaurante (Café do Vô Marçal)
  • Ambas as trilhas possuem estacionamento
  • É possível conhecer o Itaimbezinho e Fortaleza com crianças, mas, principalmente o Fortaleza, NÃO TEM PROTEÇÃO NENHUMA, então, CUIDADO, segure bem firme sua criança sapeca
  • Não aconselho levar carrinho de bebe, pois os terrenos são ruins para andar, a trilha Vértice até dá para fazer, os outras não
  • É sempre preferível ir com guias, até para orientar sobre as neblinas e trilhas possíveis
  • Estes dois Cânions são os de mais fácil visitação, e ambos possuem mais de uma trilha para fazer, se quiser apenas conhecer o básico de cada uma é possível fazer no mesmo dia
  • O Cânion Malacara é lindo também, mas o acesso é por uma trilha de 13km (26km ida e volta), fiquei sabendo que está fechada, mas se for possível fazer contrate um guia. Fizemos ela em 2008, foi uma experiência incrível, apesar da chuva, ainda rende boas risadas.
  • Ah e claro, roupa confortável, tênis, casaco (nunca se sabe), protetor e repelente.

Itaimbezinho

O Cânion mais conhecido é o Itaimbezinho, e fica muito próximo a Cambará do Sul. A fenda do Cânion tem 5,8km, e é possível conhecer de 3 maneiras, pela Trilha Vértice, pela Trilha Cotovelo ou pela Trilha do Rio do Boi.

A Trilha Vértice é mais curta e fácil de andar, tem apenas 1,4 km. Por ela passamos por diversos mirantes para se ter angulos diferentes do Cânion. No final da trilha é possível seguir mais um pouco até o Café do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria, onde fazem os melhores pasteis do mundo. Fizemos com as crianças e elas adoraram, Rodrigo se sentiu numa aventura.

IMG_0184
Centro de Visitantes
IMG_0185
Início da Trilha Vértice
IMG_0191
Trilha Vértice
IMG_0186
Mirante e a neblina
IMG_0192
Mirante e a neblina
IMG_0187
Neblina
IMG_0198
Café do Vô Marçal
IMG_0199
Café do Vô Marçal
IMG_0202
Café do Vô Marçal, pastel delicia
537930ba-9a5a-4fd8-8782-e7f339b4f642
Itaimbezinho, dia seguinte sem neblina – Véu da Noiva
71716c8f-2f8d-44a6-ad5c-70511208788a
Itaimbezinho, dia seguinte sem neblina
dfd85123-7b0c-4438-b5c0-57b532f43ff9
Itaimbezinho, dia seguinte sem neblina

A Trilha Cotovelo é um pouco mais longa, tem 6,3 km então não nos arriscamos de ir com as crianças, mas é possível ver o Cânion do outro lado da Vértice.

Para os mais radicais é possível fazer a Trilha do Rio do Boi, ou seja no Rio dentro do Cânion. Para essa trilha não permitem crianças abaixo de 12 anos de idade e nem ir sem guia. Como tudo, depende muito do clima, se estiver em épocas de chuvas a Trilha pode estar fechada por risco de subir o nível da água.

A Trilha é feita praticamente no Rio, então vamos cruzando ele o tempo inteiro, e é feita num ritmo mais lento pois andamos muito na pedras do Rio. Um sapato confortável e que possa molhar é essencial, assim como protetores de pernas e capacetes fornecidos pela agência. Fizemos essa trilha antes de ter os meninos, em dezembro 2012, não conseguimos chegar no final pois o tempo estava um pouco estável, mas foi fantástico, uma visão incrível e banhos de cachoeira.

O ínicio da Trilha é em Praia Grande (SC), estávamos hospedados no hotel Pedra Afiada, uma experiência excelente, e mais próximo ao início da trilha.

DSCN9757
Trilha do Rio do Boi – 2012
DSCN9779
Trilha do Rio do Boi – 2012
DSCN9786
Trilha do Rio do Boi – 2012
DSCN9767
Trilha do Rio do Boi – 2012

Canion Fortaleza

Na minha opinião é o mais lindo de todos. Já fui em três ocasiões diferentes, a primeira em 2008, com uma turma de amigos, sem filhos. A segunda vez o Rodrigo tinha 3 meses e nessa última em que levamos os meninos, Rodrigo com 4 anos e Gui com 1 ano e 10 meses.

Sobre o Fortaleza, já escrevi acima e vou ressaltar aqui, o acesso é MUITO RUIM, estrada de chão em péssimas condições, então se puder utilizar agência com os carros deles, para não danificar o seu. Não tem estrutura NENHUMA, nem banheiros nem restaurantes e NÃO TEM PROTEÇÃO NENHUMA NO CÂNION. Nessa última visita fiquei bastante tensa com os meninos querendo correr e jogar pedras, foi apenas tirar fotos e ir embora.

Quando fomos com o Rodrigo com 3 meses foi super tranquilo, pois colocamos ele no canguru e conseguimos fazer a Trilha do Mirante, que é na parte mais alta do Cânion. Nessa mesma ida, estávamos com outros casais e um deles tinha uma filha de um ano e meio e eles já não arriscaram subir com ela no colo, pois é super cansativo com uma criança maior. Sou a favor de viajar com crianças sim, mas devemos conhecer as limitações de cada idade e fase.

Na primeira vez que fomos, sem filhos, conseguimos fazer todas as trilhas, são três maneiras de conhecer o Cânion Fortaleza de cima.

Logo adiante do estacionamento já temos uma visão maravilhosa do Cânion, acredito que a mais linda, tem uma trilha super curtinha para chegar, e ali que fomos com as crianças nessa última visita. É uma das visões mais lindas do mundo, mas como comentei, fiquei tensa com a falta de proteção.

IMG_0410
Estrada de acesso ao Cânion Fortaleza
IMG_0392
Trilha de acesso ao Cânion Fortaleza
IMG_0393
Lá no topo do morro a Trilha do Mirante
IMG_0400
Cânion Fortaleza
IMG_0402
Cânion Fortaleza
IMG_0403
Cânion Fortaleza
IMG_0404
Cânion Fortaleza
IMG_0406
Cânion Fortaleza
PCTNE4297
Cânion Fortaleza e nós!

A Trilha que te leva ao topo do Mirante, para ter outra visão do Cânion, não é longa, são 3,5 km, mas é todo em subida, trilha de chão, com pedras. Conseguimos fazer quando o Rodrigo tinha 3 meses, utilizando um canguru, mas de carrinho não tem como fazer e com os meninos maiores, não nos arriscamos.

DSCN1390
Subindo no Cânion Fortaleza – 2014
DSCN1393
Vista de cima, a neblina baixando mesmo com céu azul – 2014
DSC05488
Cânion Fortaleza de cima – 2008
DSC05495
Cânion Foratelza de cima – 2008

Para quem é mais aventureiro, e aqui não indico mesmo para crianças muito pequenas, tem a Trilha da Cachoeira do Tigre Preto com a Pedra do Segredo. Fizemos essa trilha em 2008, foi super legal de fazer, passamos por cachoeiras e atravessamos o rio da Cachoeira do Tigre Preto, pela parte de cima dela, antes da queda. A Trilha tem em torno de 2 km, não é extensa e também não apresenta muitas dificuldades, apenas cuidado para atravessar o rio.

Imagem 075
Trilha Cachoeria do Tigre Preto – Cânion Fortaleza
viagem 028
Trilha Cachoeria do Tigre Preto – Cânion Fortaleza

Andando em torno de 500 metros da Cachoeira do Tigre Preto tem a famosa Pedra do Segredo, que é um bloco monolítico de 5 metros de altura, porém a base tem poucos centímetros e ela está dispota sobre outra rocha, um exemplo de equilíbrio. Essa formação é natural, foi erudida pelo tempo geológico.

DSC05512
Pedra do Segredo 2008 – sim, eu tapei a base da pedra (rs)
Imagem 086
Pedra do Segredo

 

Para finalizar, vale a pena levar crianças nesses passeios? Acho que sempre vale, mas lembrando que tem que saber os limites dos seus filhos, a Trilha Vértice do Itaimbezinho é fácil e segura. O Gui foi levado no colo, mas o Rodrigo caminhou toda e se divertiu. O Fortaleza, na parte baixa dá pra ir, mas eu fiquei muito tensa com a falta de proteção, e confesso, que como gaúcha e visitante regular da região, fico triste em ver a falta de cuidado e estrutura  dos acessos a esses importantes pontos turísticos da região.

Sobre hotéis: 

Tem diversas pousadas pela região, não conheço muitos e não quero indicar nenhum que eu não tenha estado.

Um que altamente indico é o Cafundó, hotel lindo e charmoso, e de fácil acesso para a Cânion Forteza.

Um pouco mais simples, mas simpático, ficamos lá em 2008 (não sei atualmente como está) é o Estalagem da Colina, são cabaninhas privadas, de estilo rústico,

estalagem
Estalagem da Colina

 

Nesta última estada ficamos no Parador Casa da Montanha, um hotel que está no Roteiros de Charme, e oferece uma experiência diferenciada. Ficamos nas cabanas, a vista é lindissima, e a estrutura super legal.

Anúncios
Posted by:com as crianças na mala

Oi, sou a Camila. Tenho dois filhos, o Rodrigo e o Guilherme. Amamos viajar e levar as crianças junto "na mala".

Uma resposta para “Parques Nacionais da Serra Gaúcha com crianças

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s