Parques Nacionais da Serra Gaúcha com crianças

Eu moro no Rio Grande do Sul, então um destino fácil para finais de semana ou feriados é desbravar a Serra Gaúcha. Por aqui temos muitos destinos interessantes e um dos locais que eu amo ir passear fica no nordeste do Rio Grande do Sul, na divisa com o extremo sul de Santa Catarina, entre Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC). Nesta região temos alguns Parques Nacionais, como o Aparados da Serra e Serra Geral.

Estes parques são responsáveis pelo cuidado e preservação de uma extensa área de mata atlântica, floresta de araucárias, campos e penhascos, como também fauna e flora locais. Essa região é rica neste tipo de paisagem, somam-se 36 Cânions e os mais visitados por turistas são o Itaimbezinho, que fica no Aparados da Serra e o Fortaleza que pertence ao Serra Geral.

Tive a oportunidade de ir algumas vezes a estes locais, sendo a última neste feriado de 2 de novembro de 2018, e levei meus meninos para conhecerem. Rodrigo com 4 anos e Gui com 1 ano e 10 meses.

Se for visitar os Cânions prepare-se:

  • Os parques não cobram mais entrada, a visita e estacionamento são gratuitos
  • O Sul é conhecido por apresentar diversos climas, o verão é quente e o inverno muito frio, especialmente nesta região, e temos também períodos de chuvas. No mesmo dia experimentamos mudanças bruscas na temperatura e essa mistura de quente e frio gera uma neblina que deixa os Cânions sem visibilidade. Geralmente com as temperaturas baixas a paisagem é mais garantida, então é pura sorte mesmo. Acredito que para se ter uma boa visão dos Cânions, o ideal é ir bem cedo pela manhã, as 8hrs eles já estão abertos para visita.
  • As estradas são MUITO RUINS, estradas de chão muito mal conservadas, cheia de pedras, uma grande falha do turismo da região, o ideal é contratar uma agencia de turismo e utilizar os carros deles para percorrer a região
  • Os parques não tem estrutura nenhuma. O Itaimbezinho possui um Centro de Visitantes na entrada que possui banheiros, e no final da Trilha Vértice tem um Restaurante (Café do Vô Marçal)
  • Ambas as trilhas possuem estacionamento
  • É possível conhecer o Itaimbezinho e Fortaleza com crianças, mas, principalmente o Fortaleza, NÃO TEM PROTEÇÃO NENHUMA, então, CUIDADO, segure bem firme sua criança sapeca
  • Não aconselho levar carrinho de bebe, pois os terrenos são ruins para andar, a trilha Vértice até dá para fazer, os outras não
  • É sempre preferível ir com guias, até para orientar sobre as neblinas e trilhas possíveis
  • Estes dois Cânions são os de mais fácil visitação, e ambos possuem mais de uma trilha para fazer, se quiser apenas conhecer o básico de cada uma é possível fazer no mesmo dia
  • O Cânion Malacara é lindo também, mas o acesso é por uma trilha de 13km (26km ida e volta), fiquei sabendo que está fechada, mas se for possível fazer contrate um guia. Fizemos ela em 2008, foi uma experiência incrível, apesar da chuva, ainda rende boas risadas.
  • Ah e claro, roupa confortável, tênis, casaco (nunca se sabe), protetor e repelente.

Itaimbezinho

O Cânion mais conhecido é o Itaimbezinho, e fica muito próximo a Cambará do Sul. A fenda do Cânion tem 5,8km, e é possível conhecer de 3 maneiras, pela Trilha Vértice, pela Trilha Cotovelo ou pela Trilha do Rio do Boi.

A Trilha Vértice é mais curta e fácil de andar, tem apenas 1,4 km. Por ela passamos por diversos mirantes para se ter angulos diferentes do Cânion. No final da trilha é possível seguir mais um pouco até o Café do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria, onde fazem os melhores pasteis do mundo. Fizemos com as crianças e elas adoraram, Rodrigo se sentiu numa aventura.

IMG_0184
Centro de Visitantes
IMG_0185
Início da Trilha Vértice
IMG_0191
Trilha Vértice
IMG_0186
Mirante e a neblina
IMG_0192
Mirante e a neblina
IMG_0187
Neblina
IMG_0198
Café do Vô Marçal
IMG_0199
Café do Vô Marçal
IMG_0202
Café do Vô Marçal, pastel delicia
537930ba-9a5a-4fd8-8782-e7f339b4f642
Itaimbezinho, dia seguinte sem neblina – Véu da Noiva
71716c8f-2f8d-44a6-ad5c-70511208788a
Itaimbezinho, dia seguinte sem neblina
dfd85123-7b0c-4438-b5c0-57b532f43ff9
Itaimbezinho, dia seguinte sem neblina

A Trilha Cotovelo é um pouco mais longa, tem 6,3 km então não nos arriscamos de ir com as crianças, mas é possível ver o Cânion do outro lado da Vértice.

Para os mais radicais é possível fazer a Trilha do Rio do Boi, ou seja no Rio dentro do Cânion. Para essa trilha não permitem crianças abaixo de 12 anos de idade e nem ir sem guia. Como tudo, depende muito do clima, se estiver em épocas de chuvas a Trilha pode estar fechada por risco de subir o nível da água.

A Trilha é feita praticamente no Rio, então vamos cruzando ele o tempo inteiro, e é feita num ritmo mais lento pois andamos muito na pedras do Rio. Um sapato confortável e que possa molhar é essencial, assim como protetores de pernas e capacetes fornecidos pela agência. Fizemos essa trilha antes de ter os meninos, em dezembro 2012, não conseguimos chegar no final pois o tempo estava um pouco estável, mas foi fantástico, uma visão incrível e banhos de cachoeira.

O ínicio da Trilha é em Praia Grande (SC), estávamos hospedados no hotel Pedra Afiada, uma experiência excelente, e mais próximo ao início da trilha.

DSCN9757
Trilha do Rio do Boi – 2012
DSCN9779
Trilha do Rio do Boi – 2012
DSCN9786
Trilha do Rio do Boi – 2012
DSCN9767
Trilha do Rio do Boi – 2012

Canion Fortaleza

Na minha opinião é o mais lindo de todos. Já fui em três ocasiões diferentes, a primeira em 2008, com uma turma de amigos, sem filhos. A segunda vez o Rodrigo tinha 3 meses e nessa última em que levamos os meninos, Rodrigo com 4 anos e Gui com 1 ano e 10 meses.

Sobre o Fortaleza, já escrevi acima e vou ressaltar aqui, o acesso é MUITO RUIM, estrada de chão em péssimas condições, então se puder utilizar agência com os carros deles, para não danificar o seu. Não tem estrutura NENHUMA, nem banheiros nem restaurantes e NÃO TEM PROTEÇÃO NENHUMA NO CÂNION. Nessa última visita fiquei bastante tensa com os meninos querendo correr e jogar pedras, foi apenas tirar fotos e ir embora.

Quando fomos com o Rodrigo com 3 meses foi super tranquilo, pois colocamos ele no canguru e conseguimos fazer a Trilha do Mirante, que é na parte mais alta do Cânion. Nessa mesma ida, estávamos com outros casais e um deles tinha uma filha de um ano e meio e eles já não arriscaram subir com ela no colo, pois é super cansativo com uma criança maior. Sou a favor de viajar com crianças sim, mas devemos conhecer as limitações de cada idade e fase.

Na primeira vez que fomos, sem filhos, conseguimos fazer todas as trilhas, são três maneiras de conhecer o Cânion Fortaleza de cima.

Logo adiante do estacionamento já temos uma visão maravilhosa do Cânion, acredito que a mais linda, tem uma trilha super curtinha para chegar, e ali que fomos com as crianças nessa última visita. É uma das visões mais lindas do mundo, mas como comentei, fiquei tensa com a falta de proteção.

IMG_0410
Estrada de acesso ao Cânion Fortaleza
IMG_0392
Trilha de acesso ao Cânion Fortaleza
IMG_0393
Lá no topo do morro a Trilha do Mirante
IMG_0400
Cânion Fortaleza
IMG_0402
Cânion Fortaleza
IMG_0403
Cânion Fortaleza
IMG_0404
Cânion Fortaleza
IMG_0406
Cânion Fortaleza
PCTNE4297
Cânion Fortaleza e nós!

A Trilha que te leva ao topo do Mirante, para ter outra visão do Cânion, não é longa, são 3,5 km, mas é todo em subida, trilha de chão, com pedras. Conseguimos fazer quando o Rodrigo tinha 3 meses, utilizando um canguru, mas de carrinho não tem como fazer e com os meninos maiores, não nos arriscamos.

DSCN1390
Subindo no Cânion Fortaleza – 2014
DSCN1393
Vista de cima, a neblina baixando mesmo com céu azul – 2014
DSC05488
Cânion Fortaleza de cima – 2008
DSC05495
Cânion Foratelza de cima – 2008

Para quem é mais aventureiro, e aqui não indico mesmo para crianças muito pequenas, tem a Trilha da Cachoeira do Tigre Preto com a Pedra do Segredo. Fizemos essa trilha em 2008, foi super legal de fazer, passamos por cachoeiras e atravessamos o rio da Cachoeira do Tigre Preto, pela parte de cima dela, antes da queda. A Trilha tem em torno de 2 km, não é extensa e também não apresenta muitas dificuldades, apenas cuidado para atravessar o rio.

Imagem 075
Trilha Cachoeria do Tigre Preto – Cânion Fortaleza
viagem 028
Trilha Cachoeria do Tigre Preto – Cânion Fortaleza

Andando em torno de 500 metros da Cachoeira do Tigre Preto tem a famosa Pedra do Segredo, que é um bloco monolítico de 5 metros de altura, porém a base tem poucos centímetros e ela está dispota sobre outra rocha, um exemplo de equilíbrio. Essa formação é natural, foi erudida pelo tempo geológico.

DSC05512
Pedra do Segredo 2008 – sim, eu tapei a base da pedra (rs)
Imagem 086
Pedra do Segredo

 

Para finalizar, vale a pena levar crianças nesses passeios? Acho que sempre vale, mas lembrando que tem que saber os limites dos seus filhos, a Trilha Vértice do Itaimbezinho é fácil e segura. O Gui foi levado no colo, mas o Rodrigo caminhou toda e se divertiu. O Fortaleza, na parte baixa dá pra ir, mas eu fiquei muito tensa com a falta de proteção, e confesso, que como gaúcha e visitante regular da região, fico triste em ver a falta de cuidado e estrutura  dos acessos a esses importantes pontos turísticos da região.

Sobre hotéis: 

Tem diversas pousadas pela região, não conheço muitos e não quero indicar nenhum que eu não tenha estado.

Um que altamente indico é o Cafundó, hotel lindo e charmoso, e de fácil acesso para a Cânion Forteza.

Um pouco mais simples, mas simpático, ficamos lá em 2008 (não sei atualmente como está) é o Estalagem da Colina, são cabaninhas privadas, de estilo rústico,

estalagem
Estalagem da Colina

 

Nesta última estada ficamos no Parador Casa da Montanha, um hotel que está no Roteiros de Charme, e oferece uma experiência diferenciada. Ficamos nas cabanas, a vista é lindissima, e a estrutura super legal.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s